O que acontece se ficarmos sem internet por várias horas durante a operação do Sistema?

Não tem problema. O Sistema de Arquivos se auto sincronizará com o Servidor de Replicação tão logo o acesso a Internet seja reestabelecido, trazendo os servidores para o mesmo estado. O tempo para esse ressincronismo vai depender do volume de dados modificado no período em que a Internet ficou fora.

E se quando formos partir o Servidor de Arquivos a Internet estiver fora? Ficaremos sem nossos arquivos?

Não se desespere. Temos um Plano B. O administrador do sistema terá uma chave para “abrir” o Servidor de Arquivos. Essa chave estará em um pendrive cifrado que, em conjunto com a senha do aplicativo token gerador do administrador, liberarão o disco cifrado.

E se roubarem meu laptop?

Isso não chega a ser um problema extremo de exposição dos dados armazenados no Servidor de Arquivos dada a arquitetura do Sistema Safe.Bits, pois além da senha de acesso ao seu Laptop, é também necessária a senha não reutilizável do token instalado no celular do Viajante para permitir o seu acesso. Então mesmo que o meliante consiga quebrar a sua senha no Laptop, ele ainda precisará de uma senha extra que ele não tem como obter pois ela não está no seu equipamento. Naturalmente este dispositivo não pode ter sido subtraído juntamente com o Laptop. Neste caso sim, essa falha dupla tem uma grande chance de expor seus dados. Portanto é imprescindível que estes fatos, ou seja, o roubo de qualquer um destes elementos, nos sejam imediatamente notificados para revogarmos para este usuário as chaves de acesso ao Servidor de VPN.

E se roubarem ou depredarem meu(s) Servidor(es) de Arquivo?

Esse é um problema mais de contratempo do que segurança dos dados. Dependendo do produto escolhido, nossa equipe providenciará, gratuitamente, um acesso remoto aos dados armazenados no Servidor de Replicação na Nuvem, enquanto providenciamos um novo Servidor de Arquivos em substituição ao perdido. Seu acesso aos dados poderá se dar de forma degradada dependendo da sua velocidade de acesso à Internet, mas ainda assim todos os seus colaboradores, filiais e Viajantes terão acesso. Enquanto isso, seus dados armazenados no servidor roubado estarão seguros e inacessíveis, cifrados pelo algoritmo AES-256.

Então não precisamos mais fazer backups dos meus dados?

Absolutamente sim. Precisam. Sempre. Nada substitui um backup executado correta e frequentemente. Tanto que boa parte da movimentação de seus dados efetuada pelo Safe.Bits se refere a este assunto de uma maneira bem particular, fazendo seu próprio “backup”. O Sistema de Replicação que fica na nuvem pode ser considerado sua cópia de segurança.

O que são estes Pontos de Controle?

Cada operação que altere o conteúdo do disco escreve, juntamente com esta, uma marca eletrônica de controle. Estas marcas são como pegadas que não se apagam. Seguindo as pegadas certas temos como saber onde seus dados “estavam” num dado instante no passado. Desta forma o Sistema de Arquivos local é um backup dele mesmo no que se refere à alteração de arquivos. Como estas pegadas são imediatamente atualizadas no Servidor de Replicação, os dois sistemas são um o backup do outro como também backups de si mesmos em certos casos. São duas instâncias exatas dos seus dados, separadas por alguns segundos no tempo.